EMAIL

stial@bewnet.com.br

Sede

(51) 3710-1313

Subsede

(51) 3716-1613

NOTÍCIAS

10 Julho
2018

Assembleia de trabalhadores vota propostas para quatro empresas do setor da alimentação

10/07/2018

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Avícolas e Alimentação Geral de Lajeado e Região (Stial) tem quatro assembleias programadas para analisar e votar as propostas de acordo salarial das empresas Bebidas Fruki, BRF, Minuano e Florestal Alimentos. A data-base da categoria é 1º de maio e, desde então, a direção do Stial tem realizado reuniões de negociação com os representantes das empresas. A intenção é chegar a um percentual de reajuste acima da inflação no período, que foi 1,59%.

As assembleias ocorrerão na sede do Stial, Avenida Benjamin Constant, 1606, Bairro Florestal, em Lajeado. O presidente da entidade, Adão Gossmann, destaca a importância da participação dos trabalhadores. “Estamos definindo o acordo que vai vigorar por um ano, é importante que os trabalhadores participem, dêem sua opinião e votem a favor ou contra a proposta.”

 

Propostas de reajuste

Bebidas Fruki

Reajuste: 2,5%

Piso inicial: R$ 1.264,00

Assembleia: 11/07, às 17h

 

BRF

Reajuste: 1,70%

Piso inicial: R$ 1.252,00

Piso efetivação: 1.280,00

Assembleia: 12/07, às 17h30min

Companhia Minuano

Reajuste: 1,70%

Piso inicial: R$ 1.252,00

Piso efetivação: 1.280,00

Assembleia: 13/07, às 16h

 

Florestal Alimentos

Reajuste: 2%

Piso inicial: R$ 1.264,00

Assembleia: 16/07, às 14h30min

 

Fonte: Assessoria Imprensa Stial
29 Junho
2018

Minuano Alimentos (Lajeado) não corrige irregularidades de jornada e é acionado pelo MPT

29/06/2018

  O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Santa Cruz do Sul ajuizou ação civil pública (ACP) contra o frigorífico Minuano, de Lajeado, requerendo a condenação da empresa à regularização de aspectos de jornada de trabalho, como limitação de horas extras, concessão de intervalos de almoço e repouso semanal remunerado, sob pena de multa.

     A empresa foi inspecionada pela força-tarefa dos frigoríficos em janeiro de 2015, quando foi confirmada denúncia realizada pela Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação (FTIA) do Rio Grande do Sul. Novas inspeções, em abril de 2016 e agosto de 2017, verificaram a continuidade das irregularidades, em descumprimento a prazos concedidos pelo MPT.

     Além da correção das irregularidades, o MPT requer a condenação da Minuano ao pagamento de indenização por danos morais coletivos de R$ 1 milhão. A ação tramita na 2ª Vara do Trabalho de Lajeado. De acordo com a procuradora do MPT em Santa Cruz do Sul Thaís Fidelis Alves Bruch, responsável pelo caso, a investigação contra o frigorífico tramita há quase dez anos, nos quais foram dadas diversas oportunidades para regularização. A empresa se recusou a firmar Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

     Questões de meio ambiente de trabalho, também investigadas nas inspeções da força-tarefa na Minuano, são objeto de outro procedimento. Contra a Minuano, há ainda outra ação judicial do MPT em Santa Cruz do Sul, por conta de não-pagamento de horas in itinere. A indenização requerida nesta ação é de R$ 300 mil, também por danos morais coletivos.

Fonte: Assessoria Imprensa Stial
26 Junho
2018

Docile e Dália fecham acordo coletivo

26/06/2018

Os trabalhadores das empresas Dália, de Arroio do Meio, e Docile, de Lajeado, aprovaram em assembleia o acordo coletivo para 2018/2019. As reuniões e votações ocorreram nos dias 21 e 22 de junho, respectivamente, na subsede e sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Avícolas e Alimentação Geral de Lajeado e Região (Stial).
Para os trabalhadores da Dália foram aprovados reajuste salarial de 2,5% e piso único de R$ 1315,60.
Para os funcionários da Docile, o reajuste salarial foi de 3,2%, com piso único de R$ 1278,00, auxílio escolar pago em novembro para um dependente no valor de R$ 386,00 e para dois ou mais dependentes R$ 575,00. Também foram aprovados quinquênio de 4%, com teto salarial de dois pisos vigentes, adicional noturno de 27% e outras cláusulas.
A data-base da categoria é 1º de maio e a inflação no período foi de 1,69%.
Outros segmentos
O Stial continua com agenda para negociação dos demais setores da categoria, confira:
26/06 – Minuano
26/06 – Neugebauer
28/06 – BRF
29/06 – Fruki
29/06 - Florestal

Fonte: Assessoria Imprensa Stial
20 Junho
2018

Assembleia de trabalhadores avalia propostas da Dália e da Docile

20/06/2018

Duas assembleias, nesta quinta (21) e sexta-feira (22), vão avaliar as propostas para acordo coletivo para as empresas Docile, de Lajeado, e Dália, de Arroio do Meio.

A reunião com os trabalhadores da Dália ocorre às 18h desta quinta-feira, na subsede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Avícolas e Alimentação Geral de Lajeado e Região (Stial), na Rua Friedhold Kuhn, 81. A diretoria do Stial vai apresentar a seguinte proposta: reposição salarial de 2,5%, piso único de R$ 1.315,60, entre outras cláusulas. Conforme o presidente do sindicato, Adão Gossmann, a inflação no período foi 1,69%. “Nas reuniões de negociação, conseguimos passar do percentual da inflação e chegar aos 2,5%, com algum ganho real.”

 

Docile

A assembleia de trabalhadores da Docile ocorre na sexta-feira, na sede do Stial, em Lajeado, Avenida Benjamin Constant, 1606, às 14h, para funcionários do segundo e terceiro turnos, e às 15h30min, para os do primeiro turno. Os dirigentes do Stial vão apresentar a proposta feita pela empresa.

 

 

Fonte: Assessoria Imprensa Stial